VACINAS DA MORTE

VACINAS DA MORTE

Uma das principais impulsionadoras das novíssimas vacinas RNAm (Ácido Ribonucleico mensageiro), a Moderna, declara publicamente a política de tratar as novas vacinas contra o Covid-19 como sistemas operacionais de informática. (Declaração)

Nosso sistema operacional

Reconhecendo o amplo potencial da ciência do RNAm, nos propusemos a criar uma plataforma de tecnologia de RNAm que funcione de maneira muito semelhante a um sistema operacional de um computador. Ele é projetado para que possa ser plugado e executado de forma intercambiável com diferentes programas. Em nosso caso, o “programa” ou “aplicação” é o nosso medicamento de RNAm – a sequência única de RNAm que codifica uma proteína.

Temos uma equipe dedicada de várias centenas de cientistas e engenheiros focados exclusivamente no avanço da tecnologia de plataforma da Moderna. Eles são organizados em torno de disciplinas-chave e trabalham de forma integrada para avançar o conhecimento em torno da ciência do RNAm e resolver os desafios que são exclusivos do desenvolvimento de medicamentos de RNAm. Algumas dessas disciplinas incluem biologia de RNAm, química, formulação e entrega, bioinformática e engenharia de proteínas.”

As vacinas RNAm

https://www.youtube.com/watch?v=nIwwyGLuGrU

A vacina da PFIZER (EUA) associada à BioNtech (Alemanha) é uma vacina sintética, composta por ácido ribonucléico mensageiro (RNAm), que também contém partículas sintéticas copiadas da proteína SARS-COV-2.

Ela entra na célula humana e replica o código do vírus que atua como um antígeno e, portanto, estimula uma resposta imune (anticorpos).

O fato é que esta é uma inovação que nunca foi realizada antes.

Eles garantem que o mRNA só entre no citoplasma da célula e não no núcleo, que contém o ácido desoxirribonucléico (DNA), que é o genoma humano. Se isso acontecesse (no longo prazo), seria um desastre. Talvez seja por isso que temam tanto as reivindicações futuras hipotéticas.

O objetivo da GAVI (o mega cartel dos abutres capitalistas do setor dos laboratórios) tem como política principal impor a política denominada ID2020, que se relaciona com o controle do mercado mundial por meio de mecanismos cada vez mais agressivos.

O que Gazeta Revolucionária denuncia sobre as VACINAS contra o Covid-19?

1. O ESTADO DE CHOQUE 3.0 imposto pelos abutres capitalistas. Principalmente a partir de vacinas ARNm.

2. Detectamos uma enorme propaganda de terror em todos os grupos das redes sociais, à qual adere (para variar) toda a “esquerda” identitária e Bolsonarista (como sempre) de que estaríamos numa situação de pânico tão grande, com todo mundo morrendo. Por detrás: a GAVI, ID2020, o Evangelistão do Pó, o Patriot Act Tabajara, o Banestado 3,0 e as políticas dos abutres capitalistas em crise e seus agentes, com os “idiotas” da ”esquerda” fazendo mais uma vez o papel de palhaços do circo.

3. Em cima do terror criado, a população deveria aceitar todas as imposições que os abutres capitalistas quiserem, tais como mudanças na legislação para isenta-los de qualquer responsabilidade, condições especiais de conservação a -70 graus centígrados desconsiderando que a saúde pública está caindo aos pedaços etc. E sem direito a reclamar nem questionar nada.

4. Na campanha não se fala uma única palavra sobre os 12% de contaminados que a OMS (Organização Mundial da Saúde) nunca respeitou, necessários para declarar uma pandemia.

5. Como temos vasta experiência com os transgênicos e com o pós 2001 (pelo menos), também pelo menos devemos exigir testes sérios. No caso de qualquer vacina os testes deviam ser levado a cabo durante pelo menos cinco anos. Mas no caso das RNAm (sobre as quais pesam suspeitas de serem muito perigosas) os testes deviam ser realizados pelo menos durante duas gerações. Isso é impossível para os abutres capitalistas que buscam lucros fáceis e muito rápidos.

6. Sobre as vacinas russa, chinesa e cubana principalmente as informações são mais positivas, mas requereriam testes por cinco anos pelo menos. Devido à “pandemia” (que tem como objetivo providencial semi ocultar a maior crise capitalista da história) devemos aceitar testes de 1,5 ano. Bom, até melhor que as RNAm que já até foram aprovadas pela FDA norte-americana em três meses.

7. Além das vacinas há outros métodos profilácticos que nem sequer são mencionados (além do plasma ou a hidrocloroquina), como medidas para combater o super estresse ao qual o estado de choque tem nos levado, os alimentos ultra contaminados (envenenados), o desemprego, a saúde que é um lixo etc. Com essas medidas teríamos uma população mais forte.

Também sobre isso não é dito uma única palavra (A quem beneficia?)

Levante ! Organize-se! Lute!
A hora de Lutar é Agora!

close

🕶 Fique por dentro!

Deixe o trabalho difícil para nós. Registe-se para receber as nossas últimas notícias directamente na sua caixa de correio.

Nunca lhe enviaremos spam ou partilharemos o seu endereço de email.
Saiba mais na nossa política de privacidade.

Artigos Relacionado

Deixe um comentário

Queremos convidá-lo a participar do nosso canal no Telegram

¿Sin tiempo para leer?

Ouça o podcast da

Gazeta Revolucionaria