O que está acontecendo em Cuba? (Vídeo)

O que está acontecendo em Cuba? (Vídeo)

Você quer saber o que está acontecendo em Cuba? Veja o vídeo abaixo

O presidente cubano, Díaz Canel, em janeiro deste ano aprovou, um decreto que acelerou a abertura ao capitalismo

Negócios e importações privados, dólar que disparou de 1 a 1 para 70 a 1 etc.

O decreto aumentou as contradições sociais e disparou o espírito do “salve-se quem puder”, que tinha se fortalecido pelo menos desde o Período Especial na primeira metade da década de 1990, onde após a queda da União Soviética em 1991, Cuba tinha ficado com suprimentos para apenas UM mês!

Nas últimas semanas, aconteceram as maiores manifestações nas ruas de Cuba desde 1995! 

Como o governo cubano respondeu a essas mobilizações? Como reage qualquer governo. Com repressão e a prisão de vários manifestantes. Além de uma posterior grande contra manifestação pró governo .

Assim surge a pergunta; as manifestações foram teleguiadas pelo imperialismo ou seria o povo nas ruas contra o regime?

Na realidade, foram essas duas coisas, além de várias outras.

 A abertura beneficia principalmente a setores vinculados à burocracia que controla o governo. Aos altos oficiais das forças armadas. Aos setores que têm se enriquecido com o turismo. E aos setores vinculados e teleguiados pelo imperialismo, da mesma maneira que acontece atualmente na Venezuela ou na Nicarágua.

O aumento da inflação e da carestia de vida pioraram muito as condições de vida do povo cubano. A piora dos serviços públicos gerou ainda mais pobreza e dificuldades, entendendo que a pobreza em Cuba não é a mesma que a que nós conhecemos no Brasil. Por exemplo, a educação, saúde e moradia são muito melhores.

A quem devemos apoiar? 

O aprofundamento da maior crise capitalista de todos os tempos coloca os trabalhadores na encruzilhada de lutar ou serem massacrados, seja em Cuba, no Brasil ou na América Latina.

Os revolucionários devemos estar sempre do lado dos interesses dos trabalhadores e dos povos oprimidos e portanto, contra os opressores de todos os tipos.

Então companheiros, devemos entender que onde o capitalismo é fortalecido, assim seja em Cuba o que vem com ele inevitavelmente é crise, pobreza e morte. A questão é, não interessa como se auto qualifica um determinado governo, mas o que faz na prática. 

Não podemos admitir que seja sujo o nome do que não está sendo aplicado. Não digamos que o problema seria o socialismo em Cuba. O problema são as políticas capitalistas que estão sendo implantadas.

Levante ! Organize-se! Lute!
A hora de Lutar é Agora!

 

close

🕶 Fique por dentro!

Deixe o trabalho difícil para nós. Registe-se para receber as nossas últimas notícias directamente na sua caixa de correio.

Nunca lhe enviaremos spam ou partilharemos o seu endereço de email.
Saiba mais na nossa política de privacidade.

Artigos Relacionado

Deixe um comentário

Queremos convidá-lo a participar do nosso canal no Telegram

¿Sin tiempo para leer?

Ouça o podcast da

Gazeta Revolucionaria