Luciano Huck, mal foi botado e começou a fritura

Luciano Huck, mal foi botado e começou a fritura

Por Marcos Lima

Primeiro saiu em algumas publicações, no final de dezembro, mas como todos estavam distraídos nas festas de fim de ano, parece que guardaram para fritar o Luciano Huck a partir de ontem nas redes sociais. Todos sabem que ele é o candidato da Globo e de setores da burguesia brasileira.

Nós estamos em um Estado de Exceção apesar das eleições que, diga-se de passagem, são manipuladas desde sempre e agora são controladas pelo poder econômico e pelas urnas eletrônicas não auditáveis.

Em um Estado de Exceção caminhando a passos largos para um regime totalitário a caça às bruxas ocorre não só em relação ao inimigo de classe, mas também em uma temporada de mata-aqui-mata-ali. É cobra comendo cobra. No nazismo era assim, mesmo membros devotos do partido eram liquidados a todo momento, em nome da fé que tinham no projeto totalitário e imperialista. Mas isso era apenas a consequência do dia seguinte, da imensa crise capitalista que, como no fim da década de 1920, bate hoje no mundo inteiro.

O esquema

O fato é que nas investigações da Procuradoria Geral da República e da Polícia Federal foram dar com o nome de Alexandre Accioli, padrinho de um dos filhos de Aécio Neves e sócio de Luciano Huck na empresa Body Tech, para ser uma espécie de ponte para Aécio receber as propinas da Odebrecht (R$ 30 milhões) e da Andrade Gutierrez (R$ 20 milhões) para atuar em favor destas na construção da Usina de Santo Antônio, no Rio Madeira, em Rondônia.

Portanto, chegou-se à conclusão que dá para fazer um omelete e fritar todos eles na mesma panela, aqui o critério de verdade é o de quem consegue repetir mais vezes o fato verídico ou não. Qualquer bom moço pode ser impedido de entrar na festa e Luciano Huck parece que estava mesmo com os dias contados, já que tem rabo grande. O X9 da história foi encontrado morto, o empresário e ex-vice presidente da Odebrecht, Henrique Valladares, no dia 17 de setembro de 2019, em seu apartamento no Rio de Janeiro.

close

🕶 Fique por dentro!

Deixe o trabalho difícil para nós. Registe-se para receber as nossas últimas notícias directamente na sua caixa de correio.

Nunca lhe enviaremos spam ou partilharemos o seu endereço de email.
Saiba mais na nossa política de privacidade.

Artigos Relacionado

Deixe um comentário

Queremos convidá-lo a participar do nosso canal no Telegram

¿Sin tiempo para leer?

Ouça o podcast da

Gazeta Revolucionaria