Passa a privatização dos Correios com a cumplicidade da máfia sindical

Passa a privatização dos Correios com a cumplicidade da máfia sindical

Por Judicael Botelho, delegado dos Correios, Gazeta Revolucionária

A privatização passou no dia 5 de agosto sem que tenha acontecido nem uma única mobilização.

Os ditos representantes sindicais já sabiam que iria ser votado desde o mês passado. Não fizeram absolutamente nada.

Nós que estamos, sabemos que os trabalhadores querem lutar. Nós sabemos que possivelmente esta seja a última greve nos Correios. Se tivermos que cair, devemos cair lutando.

Mesmo diante da aprovação da privatização, vemos as declarações oficiais da Fentect (Federação dos Trabalhadores da ECT) e da CUT a reagir enviando e-mails para os senadores.

Na última campanha salarial foi retirado o plano de saúde dos pais com a cumplicidade dos burocratas sindicais.

A política mafiosa chega a ser ridícula. Esses “sindicalistas” são uma vergonha para o movimento sindical. Eles veem acumulando uma derrota após a outra.

Houve a privatização da Eletrobras. Passou a “reforma” Trabalhista. Passou a “reforma” da Previdência Social.

Discutimos com os nossos companheiros de trabalho que a alternativa que temos é deflagrar uma forte greve no dia 17 de agosto.

Iremos cobrar que as direções dos sindicatos que deflagrem a greve, para o qual precisam convocar assembleias, e que paremos a produção e as estradas.

Na Bahia, por exemplo, se pararmos as estradas federais para todo o Nordeste do Brasil.

Queremos forçar que a ministra do STF (Supremo Tribunal Federal) coloque em pauta a votação do ADI (Ação Direta de Inconstitucionalidade) para tornar inconstitucional o PL (Projeto de Lei) 591, o que nos possibilitaria ganharmos um certo fôlego para organizar a luta.

A luta deve ser organizada pela base. Enquanto há esperanças, nós devemos lutar.

As consequências serão as piores. Os trabalhadores estamos preocupados.

Um colega me perguntou como iríamos fazer para pagarmos as nossas contas, sustentarmos as nossas famílias. Não seria o caso de também levarmos as famílias às manifestações?

Há uma sensação de desespero generalizado.

As consequências da privatização dos Correios para a população 

Clique na imagem para saber sobre a Ilegalidade das privatização dos Correios

As consequências veem de algum tempo por conta da aplicação da política do “sucatear para privatizar”.

Cada um de nós está trabalhando por três ou quatro trabalhadores. De segunda até sexta-feira, somente entregamos encomendas. Por isso é que a Empresa dobrou o lucro.

A Empresa acabou de declarar que dobrou o lucro. E a tendência é aumentar mais ainda. É por isso que os capitalistas querem ficar com os Correios a troco de nada e sem a necessidade de fazer investimentos em logística.

Somente em 2020, o lucro oficial dos Correios foi de R$ 1,5 bilhões.

Os trabalhadores concursados deverão ser demitidos e trocados por trabalhadores terceirizados ganhando três vezes menos.

Os preços das postagens deverão aumentar, pelo menos em 70%.

As cidades pequenas serão as mais prejudicadas.

Já foi aprovado o fechamento das agências pequenas. Imaginem como ficará a qualidade do serviço postal que inclusive é uma cláusula constitucional.

Trabalhadores dos Correios e de todas as categorias, povo brasileiro, vamos todos às ruas a defender os nossos empregos e a nossa dignidade.

Assista à intervenção completa de Judicael Botelho no Hangouts de Gazeta Revolucionária de 6.8.2021, a partir do minuto 12:00.

Levante ! Organize-se! Lute!
A hora de Lutar é Agora!

close

🕶 Fique por dentro!

Deixe o trabalho difícil para nós. Registe-se para receber as nossas últimas notícias directamente na sua caixa de correio.

Nunca lhe enviaremos spam ou partilharemos o seu endereço de email.
Saiba mais na nossa política de privacidade.

Artigos Relacionado

Deixe um comentário

Queremos convidá-lo a participar do nosso canal no Telegram

¿Sin tiempo para leer?

Ouça o podcast da

Gazeta Revolucionaria