O Doleiro temp.2 “O império contra-ataca” – Cap. 7 – Operação Lava Jato para massacrar o Brasil

Faça Click na imagen e assista o VII Capítulo!

Gostou? Ajude a que a verdade chegue a todos!

Assista todos os episódios click aqui

A Operação Lava Jato começou com informações tão confidenciais que só podiam ter como origem a Agência Nacional de Segurança (NSA) dos Estados Unidos.

A acusação de que a Odebrecht, as demais construtoras, a Embraer, a Eletronuclear e a Petrobras seriam as empresas mais corruptas faz parte de uma campanha para desmantelar os governos ditos “progressistas” na América Latina e entregar as riquezas nacionais de mão beijada para os abutres capitalistas.

A suposta “luta contra a corrupção” foi direcionada:

Contra a Petrobras houve um processo criminal sobre corrupção que acusava membros do Governo e dos partidos governistas a partir das prisões e das delações premiadas, de 2014, do doleiro Alberto Yousseff e de Paulo Roberto Costa, ex-Diretor de Abastecimento da Petrobras.
As chamadas “multinacionais”, dos super ricos, nunca tiveram maiores problemas.

Como exemplos, há os casos dos ex executivos Daurio Speranzini Jr., da Philips, e Mariano Marcondes Ferraz, da Trafigura. A Alstom, conhecida pela corrupção nas obras do Metrô de São Paulo. Ou o do Instituto Brasileiro do Petróleo (IBP) formado pelas grandes petrolíferas, que em 2010 comprou meio Congresso para acabar com o projeto do Pré-Sal de Lula.

Tudo também acabou em pizza nos casos de Paulo Preto, o ex presidente da Dersa (Desenvolvimento Rodoviário S.A.), do governo de São Paulo, e um dos grandes direcionadores de dinheiro público para o PSDB de FHC. Ou na corrupção do PSDB no Banco Meinl Bank que lavou bilhões em relação à corrupção da Petrobras.

Nada é sequer falado sobre a Rede Globo, envolvida em corrupção pesada, conforme as investigações sobre a corrupção da FIFA e os casos dos Panamá Papers e dos Paradise Papers.
O ex presidente Michel Temer subiu em cima das ligações com o Jogo do Bicho.

Alexandre de Morais foi nomeado ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) por Temer; manteve ligações com o Primeiro Comando da Capital (PCC) a partir dos acordos realizados entre o Governo do Estado de São Paulo e o PCC em 2006.

As “delações premiadas” da Odebrecht foram direcionadas por meio de fraudes. Elas levaram à prisão muitas pessoas em toda América Latina.
O software MyWebDay específico da área de propinas da Odebrecht, não foi usado porque supostamente tinha sido perdida a senha de acesso.
Foi usado o Dreyfus, com a comunicação entre os executivos da Odebrecht, os doleiros e os operadores.

Rodrigo Tacla Duran, um ex advogado da Odebrecht, nem sequer foi ouvido. Ele denunciou que nas delações havia falsificações. Uma perícia da Polícia Federal as confirmou.

Os documentos revelados pelos chamados Paradise Papers incluíram revelações sobre as lavagens da Odebrecht. Luís Augusto França, Marcos Viniski e Vinicius Borin, ligados aos antigos bancos Excel e Econômico, após acordo com a Lava Jato tiveram as suas penas muito reduzidas e uma multa de apenas US$ 1 milhão para ganhos calculados em torno a US$ 100 milhões.

Adir Assad

A delação do doleiro Adir Assad no Trend Bank, sobre lavagem por meio de patrocínios a eventos automobilísticos foi travada.

A filial do Meinl Bank em Antígua promoveu até a corrupção dentro da corrupção (por fora do controle da Odebrecht), inclusive para contas de outros latino-americanos.

Dario Messer

O rei dos doleiros, Dario Messer, nunca foi acionado pelo Juiz Sergio Moro nem sobre o Banestado nem na Lava Jato. Segundo Vinícius Rolim, uma das vias da lavagem passava por Tacla Duran e tinha como destino Vinícius Claret (o Juca Bala) no Uruguai que trabalha para Messer.

A Operação Lava Jato começou a decair a partir de 2019. Mas o “lavajatismo” continua firme e forte com o objetivo de destruir a nação brasileira.

No próximo capítulo, continuarei te contando como os governos do PT evoluíram para ceder passo ao massacre do Brasil com o Governo Bolsonaro.

Você tem o direito a conhecer a verdade!

Levante ! Organize-se! Lute!
A hora de Lutar é Agora!

close

🕶 Fique por dentro!

Deixe o trabalho difícil para nós. Registe-se para receber as nossas últimas notícias directamente na sua caixa de correio.

Nunca lhe enviaremos spam ou partilharemos o seu endereço de email.
Saiba mais na nossa política de privacidade.

Artigos Relacionado

Deixe um comentário

Queremos convidá-lo a participar do nosso canal no Telegram

¿Sin tiempo para leer?

Ouça o podcast da

Gazeta Revolucionaria